quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Direitos iguais para todos?

     Estudantes de Direito da UnB encontram pichações de mensagens 'homofóbicas' no CA, a notícia ganha repercussão e até a policia federal se envolve a pedido do reitor da universidade. O diretor do departamento de direito declarou: "A Faculdade de Direito repudia esta atitude veementemente. Sempre tentamos ser um ambiente plural, para todos. É algo lamentável" em destaque o trecho que julguei mais interessante.



     Nós cristãos, tanto os católicos quanto os irmãos de denominações evangélicas, passamos todos os dias por pichações, cartazes e atos que são ABERTAMENTE contra pessoas cristãs! Eu mesmo convivi por cinco anos em um curso onde se pode ser tudo dentro do Centro Acadêmico (CA) exceto cristão, tive que aturar pichações em todo o CA e nos corredores da universidade, fui obrigado a ouvir citações de confiabilidade duvidosa que colocam minha religião como o pior que há na civilização ocidental e durante todo esse tempo acompanhei vários pedidos dos grupos cristãos da universidade serem encaminhados aos órgãos responsáveis para que alguma providência contra o preconceito fosse tomada e em todos os casos a resposta foi: 'A universidade é pública e nosso estado é laico, qualquer atitude seria favorecer determinado grupo religioso'. Então eu pergunto, se o reitor toma parte na defesa de grupos homossexuais é porque o estado é homossexual? Uma boa questão para se pensar... Deixo claro que defendo sim o direito que toda e qualquer pessoa tem de ser respeitada, independente de suas opções, mas será que essa a utopia que certos grupos ativistas defendem existe realmente? Há alguma igualdade em um país onde se defende o interesse de um grupo mas ignora-se outros?

     A quem interessar, a notícia original pode ser lida clicando aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...